voltar

Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Professor da Rede Pública Estadual de Educação lança o livro Laminha - O caranguejinho esperto

Por Francimare Araújo
- 03/05/2021 11:33:00
148 acessos imprimir

O professor da rede estadual, ator e escritor Manoel Cerqueira, atualmente coordenador pedagógico do Centro de Atendimento Educacional Especializado João Cardoso Nascimento Júnior, localizado no bairro Grageru, em Aracaju, lançou no dia 1º de maio, o livro Laminha - O caranguejinho esperto. Com temática ambiental, a história do pequeno crustáceo, um símbolo gastronômico da cultura sergipana, procura mostrar ao leitor aspectos básicos da espécie e do manguezal, um importante ecossistema para a vida do planeta Terra.


O lançamento ocorreu no canal do YouTube da Academia Sergipana de Contadores de Histórias (ASCH Sergipe) e pode ser revisto no link https://www.youtube.com/watch?v=doWqbHIqv6A. O autor apresentou a obra infantil, cuja narrativa convoca o leitor mirim a compreender o processo da ecdise, ou seja, a troca de casco do crustáceo, quando Laminha sai da toca e resolve fazer um passeio à procura da família. Assim, como todo “menino”, de forma lúdica e divertida, ele vai demonstrando o ciclo e características do caranguejo-uçá e do mangue. Ao mesmo tempo, vivencia situações que denunciam o descuido de muitos seres humanos que não praticam o uso sustentável dos bens naturais.

 

De acordo com o professor Manoel Cerqueira, é por meio de um personagem saído do mangue que a história se desenrola para falar de um assunto muito sério e urgente, principalmente para as novas gerações. Manoel ressalta que não vai na onda de modismos e tem consciência do não ineditismo acerca do assunto, em se tratando de literatura, pois muita coisa boa voltada para a infância já foi publicada. Considera-se um simpatizante das causas ambientais desde muito jovem, e os primeiros escritos de Laminha já têm mais de vinte anos. Há sete a obra já estava pronta com revisão e ilustração esperando apenas o momento certo para ser lançada.


“Desde que resolvi escrever tinha como foco o público infantil. Gosto de ludicidade atrelada à informação e ao conhecimento, por isso meu foco é a criança. Acredito que a leitura é o principal meio para a formação de cidadãos criativos e mais conscientes”, disse Manoel Cerqueira. O autor também já escreveu outras duas obras, O Fio Azul e O Fio Encarnado Na Trama Da Vida, 2003, Edições Bagaço/Recife-Pe; e A Viagem Do Papagaio Joaquim, 2005, Editora J. Andrade, Aracaju-Se, em parceria com o SESC-SE.


Embora o livro Laminha - O caranguejinho esperto seja classificado como uma obra para o público infantil, ele é indicado para todos os leitores, independentemente do nível de letramento. Com criativas e contemporâneas ilustrações de Fábio Sampaio, um artista visual muito admirado pelo criador de Laminha, a publicação é resultado da Lei Aldir Blanc, lei de Emergência Cultural que surgiu com o objetivo de auxiliar os trabalhadores da Cultura e os espaços culturais brasileiros no período de isolamento social, ocasionado pela pandemia da covid-19, lançado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).


Manoel Cerqueira é professor com formação em História e Arte, e atua na Rede Pública Estadual de Educação, tanto na docência da Educação Básica como na formação de professores por meio da Seduc. Atualmente vive uma experiência que considera necessária para o crescimento interior: integra a equipe diretiva, como coordenador pedagógico, do Centro de Atendimento Educacional Especializado João Cardoso Nascimento Júnior, uma unidade escolar que atende exclusivamente a alunos com deficiências de alto comprometimento. Lá são assistidos autistas, deficientes intelectuais, downs, paralisados cerebrais, entre outros. Os exemplares de Laminha - O caranguejinho esperto estão disponíveis nas livrarias Escariz, Sebo Xique ou diretamente com o autor pelo instagram @manoelcerqueirafilho.

 

Leia também:

Professor da rede estadual cria grupo no WhatsApp para corrigir e dar dicas de redação

Professor da rede estadual usa metodologia inovadora e motiva alunos a aprenderem Física