voltar

Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Festival Verão de Polo Aquático fomenta prática de base esportiva da modalidade

Por Givaldo Batista
- 05/01/2021 07:11:00
173 acessos imprimir

Começa nesta terça-feira, 5, o Festival de verão de Polo Aquático. A competição promovida pela Associação Polo Aquático Sergipe (Apas) e Governo de Sergipe tem como principal objetivo movimentar e soerguer o Polo Aquático em Sergipe. O evento será realizado no Parque Aquático “Oseas Dias de Miranda”, localizado na Avenida Augusto Franco, vizinho ao Colégio Estadual João Costa, área esportiva mantida pela Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte (Seduc), por meio da Superintendência de Esportes, e prossegue das 8h às 12h, até o dia 12 de janeiro de 2021.

 

Os técnicos renomados Léo Vergara, do Clube Paineiras-SP, e Adriano Silva, do Clube Hebraica-SP, vão ministrar uma clínica de iniciação ao esporte inteiramente gratuita, voltada para crianças e adolescentes, com idade de 10 a 18 anos. O objetivo é fomentar o esporte na base, principalmente nas escolas das redes públicas estadual e municipal. A expectativa é de que depois da clínica, esses jovens continuem no esporte, por meio do projeto da Secretaria de Educação, que é o Centro de Esportes, o qual será reformulado em 2021 e ficará mais voltado para a iniciação nas modalidades contempladas.

 

“Para nós da Associação Polo Aquático Sergipe, é uma grande satisfação desenvolver esse projeto em parceria com a Seduc. O Polo Aquático é um esporte fantástico. Tem piscina, tem bola e tem gol. Reúne três elementos que a criançada adora. Além disso, a criança que pratica o polo aquático, desenvolve uma segurança muito grande no meio aquático, pois aprende a estabilizar-se na água, por meio do que chamamos de flutuação. Acredito que a natação é muito importante para toda criança, porém a flutuação deveria ser o primeiro aprendizado dela na água. Ensinar a nadar antes de ensinar a flutuar seria o mesmo que ensinar uma criança a correr antes de ela conseguir ficar em pé",  enfatizou o presidente da Apas, João Paulo Lima.

 

Protocolo Vale ressaltar que a clínica obedecerá a um rígido protocolo de segurança que o momento exige. As turmas terão um limite reduzido de participantes e serão separadas por faixa etária. Será feita aferição de temperatura na entrada e haverá álcool em gel. Todos os participantes deverão estar de máscara até a entrada na piscina. A piscina é tratada com cloro e outros produtos químicos, que inibem a proliferação do vírus, e não há até o momento nenhum relato de contaminação nesse ambiente.

 

Foi exibido o filme "O polo aquático nas décadas de 1980 e 1990", que chamou muito a atenção de jovens estudantes de escolas públicas e particulares. Alguns nomes como do ex-vereador Vovô Monteiro, Cal, Garcia, entre outros, fizeram parte de equipes relacionadas às escolas. “A modalidade teve seu auge nos anos 1980 e 1990 justamente nos Jogos da Primavera. Desde então caiu bastante o número de praticantes”, avaliou o presidente da Apas.