voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Educação inicia formação para professores e gestores das novas escolas de tempo integral

Por Ítalo Marcos
- 12/02/2020 17:40:00
617 acessos imprimir

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), iniciou nesta quarta-feira, 12, a Formação de professores, gestores e equipes escolares das novas escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. A capacitação vai até a próxima sexta-feira, 14, e está sendo realizada no Hotel Prime, em Aracaju. A abertura contou com a presença do superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, que destacou a importância da formação para que os professores entendam esse modelo de ensino e conheçam os novos desafios.

 

"É importante manter o professor, o aluno e o gestor em tempo integral com uma visão articulada de aprendizagem. O grande desafio nosso, da Seduc, é a melhoria dos indicadores de aprendizagem e redução da evasão escolar. Essa é a grande aposta do modelo, e nessa versão fazendo uma experimentação também com a integração entre o Ensino Médio e o Profissionalizante", afirmou.

 

O superintendente ainda falou sobre uma das grandes apostas da Seduc no ensino para os jovens. "O Ensino Médio Integral tem mais presença na escola, gestão mais articulada e atenta aos indicadores, perspectivas de ter um desenvolvimento maior de projetos, e é preciso também que se coloquem metas ousadas. A política pública para o jovem termina no Ensino Médio. Para os que não entraram na universidade, o grande desafio que está sendo trabalhado na Seduc é a questão do ensino profissionalizante integrado ao Ensino Médio Integral, e estamos fazendo essa experiência em três centros de excelência", disse.

 

A coordenadora geral do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGETI), Emanoela Ramos, explicou que a formação é fundamental para os gestores, coordenadores pedagógicos, coordenadores administrativos-financeiros e professores que irão atuar nas sete novas unidades escolares que ofertarão o Ensino Integral a partir deste ano, além daqueles que já trabalhavam nesse modelo de ensino, mas que ainda não haviam participado da capacitação.

 

"É uma formação inicial e introdutória, uma verdadeira imersão, na qual vamos mostrar a concepção, as bases e princípios desse modelo, para que eles comecem as aulas no próximo dia 17 já preparados. É tudo muito novo para eles. A maioria dos que estão aqui ainda não conhecem esse modelo e nós queremos oportunizar toda essa bagagem para que iniciem as aulas apropriados", declarou.

 

Formação

 

Com o tema "Uma Escola Diferenciada, Um Currículo Diversificado", a formação abordará o desenvolvimento de competências para o século XXI, valores para a vida e formação acadêmica de excelência, enfatizando o Projeto de Vida, as disciplinas eletivas, a tutoria e o estudo orientado. Até a próxima sexta-feira, os participantes estarão imersos nesse modelo de ensino e aprenderão mais sobre os Projetos de Vida, estudo orientado, disciplinas diversificadas, Plano de Ação, entre outros temas importantes.

 

Cíntia Regina Silva de Jesus, coordenadora administrativa-financeira do Centro de Excelência Professora Neuzice Barreto, em Nossa Senhora do Socorro, está vendo a capacitação como uma forma de se atualizar e entender melhor o funcionamento do Ensino Médio Integral. "Vejo com bons olhos, pois estou entrando agora e para mim essa formação vai nortear todo o trabalho que irei desenvolver na escola", disse.

 

João Batista dos Santos, professor do Centro de Excelência Manoel Messias Feitosa, em Nossa Senhora da Glória, afirmou que a formação é o passo inicial para realizar um bom trabalho na escola. "Hoje estamos tendo a oportunidade de ver além da teoria, mas também a prática. A escola em que trabalho já possui o Ensino Integral há três anos e tem mostrado resultados bastante positivos, mas eu não tinha ainda participado da formação inicial. Então para mim, isso é muito significativo, porque vai validar o que estamos desenvolvendo lá", afirmou.

 

A mesma opinião foi compartilhada pela professora Alana Martins Vieira, do Centro de Excelência Prefeito Joaldo Lima de Carvalho, em Itabaianinha. "O Integral é novidade em nosso município. Vim conhecer o programa e acho importante porque trará mudanças na educação. Acredito que trará bons resultados aos jovens em Itabaianinha, que têm muito potencial para crescer. Com o Projeto de Vida, por exemplo, eles terão a oportunidade de analisar o que querem e pensar no próprio futuro, sendo protagonistas de suas próprias vidas", disse.

 

José Ailton Braga, diretor do Centro de Excelência Governador Lourival Batista, em Porto da Folha, vê no Integral dois grandes benefícios. "Considerando que nossos alunos são de uma região carente, vejo no Ensino Médio Integral a possibilidade de manter os alunos mais tempo na escola. A partir daí, vejo também a importância na construção do conhecimento deles, que terão a oportunidade de trabalhar a matriz curricular normal e ter um acompanhamento mais individualizado", declarou.

 

Presenças

 

Estiveram presentes na abertura da formação a diretora da DEA, Gilvânia Guimarães; a diretora do Departamento de Inspeção Escolar (Dies), Eliana Borges; o diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Jorge Costa Cruz Júnior; e a diretora do Departamento de Educação (DED), Ana Lúcia Lima Rocha.