voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Escola de Barra dos Coqueiros reúne comunidade escolar para culminância de projeto Cultura em Alta

Por Leonardo Tomaz
- 13/08/2019 15:59:00
468 acessos imprimir

 

O teatro tomou conta da Escola Estadual Reunidas Coelho Neto, localizada no Povoado Atalaia Nova, em Barra dos Coqueiros. Nesta terça-feira, 13, a comunidade escolar realizou a culminância do projeto Cultura em Alta, com a apresentação da Cia. de Arte da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese). Voltada para os 150 alunos do 1º ao 5° ano da unidade de ensino, a iniciativa visa estimular o conhecimento sobre a cultura popular sergipana em suas mais variadas vertentes.

 

De acordo com o gestor da unidade, professor Adiclayson Gomes Santos, o projeto surgiu da necessidade de trabalhar assuntos culturais de forma permanente na escola. "É um trabalho que vem sendo executado para despertar o senso crítico e promover o conhecimento sobre a nossa cultura, pois a escola também é espaço para isso. E desta forma, a gente integra educação, cultura e lazer nas nossas atividades escolares", disse.

 

O estudante João Gabriel dos Santos Silveira, do 4º ano, conta que absorveu muito conhecimento sobre o folclore sergipano. Ele afirma que poderá transmitir tudo que aprendeu aos seus colegas. "Foi uma apresentação muito divertida. Eu aprendi muita coisa importante da nossa cultura, principalmente as manifestações que temos aqui em nossa cidade".

 

Encantada com a apresentação do reisado, a estudante Vitória Gabriela dos Santos Souza, aluna do 1º ano, não escondeu a empolgação com o espetáculo. "Eu achei muito engraçado, divertido e diferente", avaliou Gabriela, referindo-se à apresentação do bumba meu boi, que animou toda a escola.

 

O espetáculo

 

Responsável pelo espetáculo que conquistou o sorriso e a atenção das crianças, a Cia. de Arte Alese desenvolve espetáculos de cunho educativo e realiza oficinas em comunidades de pouco acesso à cultura e arte. Formada por cinco atores, que se revezam em tarefas multidisciplinares, a companhia pauta sua prática por um teatro de grupo, cuja equipe é responsável pela realização dos projetos, desde a criação das peças, esquetes e performances, como também confecção de cenários, figurinos e adereços, sempre utilizando materiais recicláveis e customizados.

 

Segundo o ator Felipe Mascarello, a cada temporada de apresentações o grupo trabalha com temas que de alguma forma atingem as comunidades escolares de Sergipe. "E nessa perspectiva, a gente já trabalhou diversas temáticas, como bullying, incentivo à leitura, violência doméstica, entre outros assuntos que precisam ser esclarecidos, e usamos o teatro para transmitir a mensagem", informou.

 

A atriz Lidiana Lima afirma que a resposta dos estudantes é sempre positiva. "É um trabalho que tem aceitação espetacular por parte dos alunos. A gente consegue perceber que eles prestam atenção e ficam empolgados com o desenrolar do enredo. É muito gratificante trabalhar a cultura nas escolas porque geralmente eles não têm acesso a esse tipo de arte. Então a gente cumpre com muita responsabilidade em trazer o teatro para o espaço escolar".

 

Cultura em Alta

 

O projeto Cultura em Alta, que desencadeou outras atividades, a exemplo do Folclore Nosso de Cada Dia, é uma iniciativa que foi desenvolvida de forma integrada com a equipe diretiva e diversos professores da unidade de ensino. A professora Silvana Maria dos Santos explica que trabalhando esse tipo de intervenção, "o aluno se sente sujeito ativo nesse processo de aprendizagem. Além disso, integra a equipe e aproxima mais a comunidade em geral".

 

Para a professora Isabela Serra de Andrade, o projeto surge com o intuito de renovar conhecimento sobre a cultura. "Esse projeto é necessário porque a gente precisa dessa renovação para que os alunos tenham acesso às manifestações que nos representam", finalizou.