voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Alunos do Glorita Portugal retornam às aulas com acolhimento de estudantes do ensino integral

Por Ítalo Marcos
- 13/08/2019 12:29:00
308 acessos imprimir

 

 

 

Os alunos do Colégio Estadual Professora Glorita Portugal, em São Cristóvão, retornaram às aulas na manhã desta terça-feira, 13, após 15 dias de férias. A ação foi promovida pela unidade de ensino, em parceria com a DRE 8 e com alunos do Centro de Excelência Professor Hamilton Alves Rocha, que deram as boas-vindas e fizeram apresentações artísticas.

 

No pátio da escola, os estudantes puderam assistir a uma palestra ministrada pelas técnicas Lídia Franco e Iraci Mendonça, do Núcleo de Prevenção à Violência (NPV/Seduc), que falaram sobre a cultura de paz. A diretora Juliana de Souza Nascimento destacou a importância de se orientar os alunos quanto a essas temáticas. "A palestra abrange vários temas, como o bullying, mostrando que isso não é bom, e chama atenção para a questão da preservação do patrimônio público. O objetivo é fazer com que os jovens se sintam acolhidos em um ambiente em que todos estejam juntos", disse.

 

O coordenador pedagógico da DRE 8, Adson de Lima Silva, conversou com os alunos sobre algumas reivindicações da comunidade escolar, cujas soluções já estão em andamento, e destacou que a recepção dos estudantes após o recesso é uma ação que melhora a autoestima dos jovens. "A DRE 8 pensou nesse acolhimento em parceria com os alunos do Centro de Excelência Professor Hamilton Alves Rocha, que estão fazendo apresentações artísticas para dar uma motivada nos estudantes. Chamamos também o Núcleo de Prevenção à Violência, que propôs esse momento para melhorar a autoestima deles", afirmou.

 

Acolhimento

 

No pátio da escola, os estudantes assistiram a diversas apresentações artísticas e culturais promovidas pelos alunos do Centro de Excelência Professor Hamilton Alves Rocha, a exemplo de dança, capoeira e música. Aluna dessa unidade de ensino, Luana Lopes Feitosa é uma adepta dessa ação. "No ensino médio de tempo integral nós temos essa cultura do acolhimento. É sempre bom receber os alunos com um bom dia, com apresentações artísticas, então achamos que seria legal virmos aqui e passarmos essa energia boa, essa motivação, para que eles se sintam em casa", declarou.

 

Amanda Souza, aluna do 2º ano, elogiou a iniciativa. "É uma oportunidade de vermos como funcionam as escolas de tempo integral. A gente conhece outras culturas, interage, faz novos amigos. Como nós moramos na periferia, aqui a gente vê que nós temos outras saídas para crescer na vida", disse.

 

Lucas Felipe, do 3º ano, também compartilhou sua opinião. "Acho importante porque muitas pessoas saem de casa cedo e quando chegam à escola não têm um acolhimento como esse. Com esta ação, nós vemos que não estamos sozinhos", declarou. Já para Gabriel Felipe, do 2º ano, o acolhimento dá a ele a sensação de que os alunos não estão sós. "Estamos interagindo com outras escolas, outros alunos, incentivando a união entre todos. Isso auxilia o desenvolvimento do senso de amizade e companheirismo entre  nós. Além disso, estamos conhecendo projetos que eles estão desenvolvendo, nos quais podemos nos inspirar", afirmou.