voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Projeto ‘Buzu Legal’ estimula uso adequado do transporte escolar

Por Leonardo Tomaz
- 12/06/2019 12:20:00
382 acessos imprimir

Atividade aconteceu na Escola Estadual Ministro Geraldo Barreto Sobral e contou com grupo de teatro da SMTT

 

A aula desta quarta-feira, 12, na Escola Estadual Ministro Geraldo Barreto Sobral, em Aracaju, foi bastante animada. A comunidade escolar se reuniu no auditório da unidade de ensino para a culminância do Projeto “Buzu Legal”, que tem como objetivo sensibilizar os alunos sobre o uso adequado do transporte escolar. A programação contou com concurso de cartazes e apresentação do grupo de teatro da Superintendência de Transportes Terrestres de Aracaju (SMTT).

 

Na unidade de ensino, aproximadamente 300 estudantes utilizam o transporte escolar, disponibilizado pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), nos trajetos de casa para a escola. 

 

De acordo com a coordenadora pedagógica, professora Hellencley Borges Silva Torres, a ideia de fazer esse projeto surgiu dos próprios alunos que chegavam à sala de aula com muitas reclamações. “Nesse sentido, a escola pensou em trabalhar a questão dos valores com as práticas da sala de recursos. Trazer a importância do bom comportamento e de que forma eles devem proceder também na questão da preservação do patrimônio”, contou.

 

Segundo a professora da Sala de Recurso, Ildene Menezes de Barros Gois, idealizadora do projeto, os alunos são os protagonistas dessa iniciativa. “Foi muito importante acompanhar a evolução de cada aluno, pelo fato de ser um trabalho sugerido por eles mesmos. A gente somente orientou em alguns momentos”, relatou.

 

Durante as atividades, que aconteceram em três etapas, os alunos confeccionaram cartazes e produziram vídeos sobre educação no trânsito e a importância de se comportar bem e respeitar os colegas no ônibus escolar.

 

Com muita criatividade, o aluno Luís Felipe Santos Batista, do 4º ano, foi repórter por um dia e utilizou as ferramentas do jornalismo para sensibilizar a comunidade escolar. “Eu sempre gostei de acompanhar reportagem na televisão e a partir daí decidi fazer o mesmo aqui na escola. Foi uma experiência muito boa, e acredito que meus colegas aprenderam muito, assim como eu aprendi”, afirmou o estudante.

 

A aluna Adéllia Elesbão Araújo Lopes, do 5º ano, também conseguiu absorver muito conhecimento dessa atividade. “É importante se comportar bem, ficar sentado e não incomodar os colegas para chegarmos com segurança ao nosso destino”, completou.